Limite emocional entre professor e alunos

Recentemente uma professora me disse que estava pagando internet para alguns de seus alunos. Ela falou com orgulho: "ah eu posso pagar". Na hora eu pensei: "ela está passando dos limites e nem percebeu."


Eu que hoje, estou de fora da educação consigo ver com mais clareza. E lembrei de um episódio que aconteceu comigo, um aluno me disse em sua casa não tinha almoço e por isso comia bolacha e leite antes de ir para a aula. Aquilo partiu o meu coração, cheguei a comentar com o meu coordenador que iria trazer o almoço para ele. E ele não permitiu.


Acontece que nos envolvemos tanto com os alunos, e isso é bom. Mas tudo tem limites, e em uma relação professor e aluno não é diferente. Estes dois casos acima, por mais que o intuito é ajudar, há a invasão do espaço e responsabilidade do outro.


Então, até onde o professor pode se envolver emocionalmente?


1) Entender de fato qual é a sua função e contribuição para o aluno

Você não é o pai ou a mãe, não é amigo. Cabe a você ensinar o que é proposto de acordo com a sua disciplina, orientá-lo para o melhor caminho, corrigi-lo se perceber comportamentos inadequados em sala de aula com você ou com os colegas. Acompanhar a sua evolução, dar apoio e suporte na sua trajetória acadêmica. Cuidado para não pegar responsabilidades que não são suas.


2) Educação com emoção

Você se lembra quais professores mais te marcaram? O que eles fizeram ou disseram para você? Educação é uma explosão de sentimentos, quando nos envolvemos aprendemos mais. Se envolva, se jogue, mas ao "esbarrar" nos seus alunos, saiba o que de fato é seu e o que é dele.


3) Em tudo há limites

Limites são regras ou barreiras que não podemos acessar. São questões que não cabem a você resolver ou até mesmo se envolver. Em toda relação há limites, no caso da educação não é somente responsabilidade do professor o ensino. Uma relação é composta de 50% + 50%. Se o professor está fazendo, entregando 80% algo está errado. Não se responsabilize pela demanda dos seus alunos. Deixe claro para eles e para você, vocês caminham juntos. Cuidado com os excessos.


Na vida de um professor, tudo é aprendizagem e quando nos dispomos a cuidar de nós mesmos com pequenas atitudes e estabelecendo limites, contribuímos para um mundo melhor e mais significativo.


Aqui fica o meu convite para vivermos relacionamentos mais saudáveis, pra você e para o seu aluno.



69 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo